Lançamento do meu primeiro CD!


Não, não é verdade. Apenas uma forma de mediatizar o blogue, de maneira a condizer com a megalomania da sociedade em geral. E para dizer a verdade bem precisa, pois a carência de posts tem sido uma realidade nos últimos tempos.

Passemos ao que interessa: o Pedro Pereira, do Nódoa Offline, aceitou e divulgou um um desafio interessante e muito original, proveniente do blogue Perfect Symmetry, que captou a minha atenção e motivou este post que estão a ler.

A ideia consiste na criação da capa de um suposto CD musical de forma puramente ao acaso. Conjugando uma imagem, as últimas palavras de uma citação e o título de um artigo da wikipédia, todos escolhidos aleatoriamente, torna-se possível obter uma colossal variedade de resultados, com uma imprevisibilidade incrível.

Aconselho vivamente a que recebam o desafio de braços abertos e sigam as instruções referidas em baixo. Além de aprenderem um pouco mais sobre um determinado assunto, vão experimentar algo novo capaz de vos divertir e alegrar o espírito. Apenas precisam de:

1 – Ir a uma página aleatória da wikipédia http://en.wikipedia.org/wiki/Special:Random. O primeiro nome que surgir será o nome da banda.

2 – Ir à pagina das citações aleatórias http://www.quotationspage.com/random.php3. As 3 ou 4 ultimas palavras serão o nome do CD.

3 – Ir à secção “explore the last seven days” do flickr http://www.flickr.com/explore/interesting/7days. A terceira imagem, não interessa o que seja, será a capa do CD.

4 – “Cozinhar” tudo no photoshop (ou algo semelhante).

5 – Postar no vosso blog, facebook, etc… juntamente com as regras.

O meu resultado também tem o seu lado esquisito, embora seja mais vulgar do que as capas criadas por outros internautas. Apreciem o visual do maior êxito musical de todos os tempos:

Peter Poreku Dery: the bounds of reason

Nome da Banda: Peter Poreku Dery (nome de um ilustre cardeal ganense falecido em 2008).

Título do CD: the bounds of reason (últimas 4 palavras de uma citação de Mihaly Csikszentmihalyi na sua obra The Psychology of Optimal Experience).

Imagem: That you’re beautiful as you feel ! Explored # 50 (fotografia de DEJAVUBISM).

Nota: Convenhamos que a imagem de um rosto feminino atraentemente invasivo e o sonante título the bounds of reason atribuem um certo profissionalismo ao CD. Ainda assim, a baixa popularidade do artista (quase tão reduzida como a deste blogue) acaba por lhe dar um toque exótico.

Anúncios

2 Respostas to “Lançamento do meu primeiro CD!”

  1. LVSITANO Says:

    Ficou engraçadote, mas é enganador. Normalmente quem tem essas capas de CD são as divas: veja-se Mariah Carey, Céline Dion, Anastacia, etc.

    Podia pensar-se que o autor deste blog é uma bela e esbelta senhora, mas não é, é o André, um dos grandes autores de Língua Portuguesa neste momento. Podes não ter um blog muito famoso ou vários livros publicados, mas o teu potencial vai permitir que atinjas uma fantástica carreira a vários níveis e estou certo de que é isso que vai acontecer.

    Não deixes de escrever e continua a alimentar o bichinho artístico dentro de ti. 🙂

    • Andrey Amabov Says:

      É verdade! A primeira impressão resultante da capa do CD leva o observador a pensar que se trata de um novo êxito musical de uma cantora sentimentalista, enquadrada nos ideais de beleza da sociedade. No entanto, penso que o nome Peter Poreku Dery se revela largamente suficiente para dissipar eventuais dúvidas.

      E quanto aos elogios, tenho de dividir a minha resposta em duas partes distintas: a) agradeço todos os elogios de que sou alvo no teu comentário, embora os considere excessivamente exagerados; b) explico que não tenho quaisquer problemas com a actual popularidade do blogue, pois por muito reconfortantes que sejam as visitas e comentários, não são o ponto essencial do projecto, funcionando antes como um complemento fundamental à dinamização do espaço.

      As referências aos pontos fracos do blogue neste pequeno post foram feitas em tom de brincadeira e não exprimem o meu verdadeiro ponto de vista em relação ao blogue. Por isso, não te preocupes. A veia literária não se deixará entupir pela carência de atenção da sociedade!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: